Banner
Segundo pesquisa, aumento da altura do brasileiro é um reflexo da queda da taxa de desnutrição no País

A população brasileira está ficando mais alta, mas vê o risco de obesidade aumentar, aponta a pesquisa Saúde Brasil 2008, divulgada nesta quinta-feira, 19, pelo Ministério da Saúde. Segundo o estudo, as mulheres ganharam 3,3 cm em 14 anos, quase duas vezes mais que os homens, passando de uma média de 1,55m, em 1989, para 1,58m, em 2003. Eles, no mesmo período, aumentaram 1,9 cm no tamanho, atingindo uma média de 1,70 m em 2003 - contra 1,68m em 1989.

Segundo os técnicos responsáveis pela pesquisa, o aumento da altura do brasileiro é um reflexo da queda da taxa de desnutrição, que, entre as crianças, caiu cerca de 80% entre 1974 e 2007. O aumento da altura do brasileiro, entretanto, ainda está abaixo do padrão mundial, afirma o documento.
 

Leia mais...

 

Saiba mais sobre essa substância e o porquê do aviso "contém glúten" ser tão importante!

Muita gente vai às compras e não sabe bem o porquê do alerta "não contém glúten" escrito às vezes com destaque em vários produtos expostos nas prateleiras dos supermercados. O aviso, na verdade, é um alerta aos portadores da doença celíaca, uma intolerância a essa substância, encontrada no trigo, na aveia, na cevada, no centeio e no malte (subproduto da cevada), que pode até levar à morte, se não for diagnosticada a tempo. A doença afeta pessoas geneticamente predispostas e os distúrbios vão desde apatia, emagrecimento e diarréia crônica até doenças mais graves, como osteoporose ou câncer no intestino.

Essa intolerância permanente à proteína de cereais não tem tratamento, a não ser riscar do cardápio para sempre várias guloseimas como bolos, pães, biscoitos, macarrão e outros alimentos fabricados com matéria-prima que contenha glúten, vilão não só para os portadores da doença celíaca, mas também para quem quer investir numa dieta saudável. E a vigilância deve ser rigorosa, pois até traços de glúten são perigosos. Fritar um alimento qualquer e depois utilizar esse óleo para fritar um alimento sem glúten já basta para a contaminação, bem como assar no mesmo forno alimentos com e sem glúten.

Cada um dos cereais utilizados na produção de diversos alimentos, ou em cosméticos, medicamentos e bebidas, tem um nome específico para a substância que tanta intoxicação causa ao organismo dos celíacos. No trigo, por exemplo, a parte prejudical à saúde dos alérgicos é a gliadina, na aveia, a aveína etc. Não há muita variedade, mas no mercado já existem opções para massas sem glúten, como o macarrão feito de arroz.

Leia mais...

 

A americana Julia Grovenburg, de Fort Smith, no Estado de Arkansas, está grávida de duas crianças geradas, aparentemente, em ocasiões diferentes, segundo informações da imprensa americana. Julia, 31, descobriu que estava grávida e foi fazer uma ultrassonografia de rotina, na 11ª semana, quando descobriu que havia outra bolsa gestacional em seu útero, com um feto duas semanas e meia mais novo.

Segundo ela contou à imprensa americana, o susto foi tão grande que ela começou a se sentir mal. "Passamos três anos tentando engravidar, e nada. Não quisemos tomar remédios para fertilidade, porque não queríamos gêmeos. Deus acabou rindo por último", disse Julia Grovenburg ao jornal "New York Daily News".

Segundo os médicos, esse provavelmente é um caso de superfetação, quando a mulher concebe novamente, já estando grávida. Aparentemente, os casos são tão raros que não há quase literatura sobre o assunto na medicina.

Os médicos disseram que, como a mãe não fez exame do líquido amniótico, só será possível confirmar a hipótese quando os bebês nascerem e for possível realizar exames de cromossomos e metabolismo neles.

Leia mais...

 
Uma americana que ficou cega durante nove anos recuperou a visão ao passar por uma operação em que o médico, por intermédio de um buraco aberto no espaço deixado por um dente removido, inseriu uma lente plástica e, em seguida, a conduziu até os olhos da paciente.

O procedimento, criado na Itália, foi realizado pela primeira vez nos Estados Unidos, no Bascom Palmer Eye Institute of Miami (Flórida) da Universidade de Miami, informaram os médicos em coletiva de imprensa nesta quinta-feira (17).

Sharron Thornton, 60, agora poderá ler com a ajuda de óculos e deve recuperar totalmente a visão quando se restabelecer completamente da operação, disse Víctor Pérez, médico que liderou a equipe de cirurgia.

Pérez explicou que o procedimento pode servir para os pacientes cujo corpo rejeite o transplante de uma córnea artificial.

"Estamos muito entusiasmados. Achamos que muitos pacientes podem se beneficiar", comentou.

Leia mais...

 
Mais Artigos...

Parceiro - Blog da Luiza
Banner
Parceiro - P. Fernandes
Banner
Pensamentos
Surpreender - se, admirar - se, é começar a entender. (José O. Gasset - Filósofo espanhol)